Conceito de empresa de confecção do futuro

Olá pessoal!

Este estudo (“Empresa de confecção do futuro“), iniciativa Cert/ABDI/SENAI/Abit, contém diversos conceitos presentes em nossa solução de software, claro que de forma mais simples, e que atenderá a mais de 90% das pequenas confecções e modelistas no Brasil, hoje.

Não deixe de conhecer o documento, onde você poderá se inteirar dos diversos avanços presentes na indústria da moda!

Um abraço!

Livro – A quarta revolução industrial do setor têxtil e de confecção: a visão do futuro para 2030

Segundo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), a indústria têxtil e de confecção sempre esteve classificada entre as indústrias de baixa intensidade tecnológica. O nosso estudo prospectivo, entretanto, identificou diferentes iniciativas de desenvolvimento tecnológico as quais sugerem que, em futuro próximo, essa indústria adotará princípios de uma indústria 4.0, intensificando, substancialmente, a aplicação de ciência e tecnologia em todas as atividades de sua cadeia de valor. Neste trabalho, argumentamos que o aumento do emprego de novos materiais, processos, canais comerciais, técnicas de gestão e a hibridização de produtos e serviços possivelmente transformarão a estrutura industrial do setor. Inéditas tecnologias de produção e interfaces entre consumidores e sistemas de produção deverão estimular o desenvolvimento de novos modelos de negócio.

 

Pequenas empresas dominadas por grandes varejistas poderão explorar seus próprios canais com seus clientes. Minifábricas automatizadas, modulares, móveis e sustentáveis funcionarão acopladas a sistemas de virtualização da criação e da produção. A multiplicidade de produtos com tecnologias vestíveis e emprego de biotecnologias e de modernos materiais poderá ampliar a demanda por têxteis inteligentes e funcionais, aumentando exponencialmente a diversidade e a intensidade tecnológica de fios, tecidos, aviamentos e produtos auxiliares exigidos para atender novas necessidades de consumo. Os efeitos a montante da disseminação de fábricas com princípios da Industria 4.0 serão capazes de impulsionar a demanda qualitativa pelo desenvolvimento cientifico e tecnológico no setor. Uma nova estrutura industrial poderá surgir em níveis locais e regionais. Estas são as perspectivas que deverão se disseminar ate 2030.

Boa leitura!

Livro: A quarta revolução industrial do setor têxtil e de confecção: a visão do futuro para 2030
Autor: Flavio da Silveira Bruno

Acesse gratuitamente o livro aqui.

Livro – Moda com Propósito

Em um mundo cada vez mais conectado, a moda ganhou força e conquistou espaço na vida das pessoas. Agora estamos cheios de produtos e sempre queremos mais. Nos últimos anos, porém, essa ansiedade gerada pelo consumismo tem deixado a sociedade e o meio ambiente esgotados, e a promessa de que a compra traz felicidade claramente não vale mais. No entanto, muitas marcas continuam buscando o lucro através da compra desenfreada.

Questionador como sempre, André Carvalhal reflete sobre essas contradições para apresentar aquilo que deveria nortear todas as marcas da atualidade – o fazer com propósito. Mirando muito além da venda e do marketing, ele nos mostra como é necessário entender certos valores como sustentabiilidade, comércio justo, consciência social e cultural para ser capaz de inovar e empreender com sucesso.

Assim como é preciso aprender a viver com menos, pensar nas consequências de se buscar sempre o mais barato e refletir no impacto social de cada ação e isso vale também para os consumidores. Afinal, com informações atualizadas a cada segundo, não basta simplesmente trabalhar por dinheiro. É preciso, acima de tudo, buscar esse novo olhar, para se viver e conquistar com propósito.

Boa leitura!

Livro: Moda com Propósito – Manifesto pela Grande Virada
Autor: André Carvalhal